23/08/14 – Antecipe o benefício com o tempo especial (Jornal Agora – SP)

O segurado que trabalhou em atividades prejudiciais à saúde consegue antecipar o benefício com o reconhecimento do tempo especial.

http://www.agora.uol.com.br/grana/2014/08/1504843-antecipe-o-beneficio-com-o-tempo-especial.shtml

22/08/14 – PAGAMENTO: Depósitos da primeira parcela do 13º começam na segunda-feira (25) (IEPREV / Ministério da Previdência Social)

A Previdência Social inicia o pagamento da primeira parcela do 13º salário a partir desta segunda-feira (25). Na mesma data tem inicio o depósito dos benefícios da folha de agosto para os segurados que recebem até um salário mínimo e possuem cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito. Para quem recebe acima do mínimo, o pagamento começa a ser depositado no dia 1º de setembro. O calendário de pagamento de agosto segue até o dia 5 de setembro.

http://www.ieprev.com.br/conteudo/id/35786/t/pagamento:-depositos-da-primeira-parcela-do-13o-comecam-na-segunda-feira-(25)

22/08/14 – Veja as revisões do INSS que saem mais fácil nos juizados (IEPREV / Jornal Agora – SP)

O órgão superior dos JEFs (Juizados Especiais Federais) tem súmulas que podem facilitar a vida do segurado que precisou ir à Justiça para garantir uma revisão ou um direito não conquistado com o pedido no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

http://www.ieprev.com.br/conteudo/id/35788/t/veja-as-revisoes-do-inss-que-saem-mais-facil-nos-juizados

21/08/14 – INSS começa a liberar a consulta à 1ª parcela do 13º (IEPREV / Jornal Agora – SP)

Os segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) com direito de receber a primeira parcela do 13º salário já podem fazer a consulta ao valor do benefício no site www.inss.gov.br.

http://www.ieprev.com.br/conteudo/id/35774/t/inss-comeca-a-liberar-a-consulta-a-1a-parcela-do-13o

21/08/14 – INSS deve restabelecer pagamento de benefício assistencial a pessoa portadora de deficiência (IEPREV / TRF1)

O benefício de prestação continuada é devido à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 anos ou mais, que comprovem não possuir meios de prover a própria subsistência, nem de tê-la provida por sua família. A 2ª Turma do TRF da 1ª Região adotou tal entendimento para condenar o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a restabelecer o pagamento de benefício assistencial devido à pessoa com deficiência em virtude de suspensão indevida.

http://www.ieprev.com.br/conteudo/id/35778/t/inss-deve-restabelecer-pagamento-de-beneficio-assistencial-a-pessoa-portadora-de-deficiencia

21/08/14 – Aposentado e pensionista poderá deixar de pagar Imposto de Renda (IEPREV / Previdenciarista)

Aguarda votação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) o relatório à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 61/2004, que põe fim à incidência do Imposto de Renda sobre aposentadorias e pensões recebidas por pessoas com idade igual ou superior a 70 anos.

http://www.ieprev.com.br/conteudo/id/35780/t/aposentado-e-pensionista-podera-deixar-de-pagar-imposto-de-renda

20/08/14 – Revisão dos auxílios pode aumentar a aposentadoria (IEPREV / Jornal Agora – SP)

Os segurados do INSS que receberam ou ainda recebem um auxílio-doença devem ficar atentos ao valor da sua aposentadoria. Isso porque o INSS errou ao calcular os auxílios concedidos entre 1999 e 2009, o que pode refletir em uma aposentadoria menor.

http://www.ieprev.com.br/conteudo/id/35767/t/revisao-dos-auxilios-pode-aumentar-a-aposentadoria

20/08/14 – Majoração para cuidados permanentes em qualquer aposentadoria deve seguir ao STJ e, ou, ao STF (IEPREV / Previdenciarista)

O artigo 45, da Lei 8.213/91, dispõe sobre a possibilidade de majorar o valor da aposentadoria por invalidez recebida pelo aposentado em 25%, caso o aposentado necessite dos cuidados permanentes de outra pessoa em razão da moléstia de que foi acometido.

http://www.ieprev.com.br/conteudo/id/35771/t/majoracao-para-cuidados-permanentes-em-qualquer-aposentadoria-deve-seguir-ao-stj-e,-ou,-ao-stf

19/08/14 – Valores da revisão do teto saem com atrasados desde 2006 (IEPREV / Jornal Agora – SP)

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) confirmou o direito dos segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) terem um período maior de atrasados da revisão do teto.

http://www.ieprev.com.br/conteudo/id/35755/t/grana-da-revisao-do-teto-sai-com-atrasados-desde-2006

18/08/14 – Justiça Federal confirma correção maior de atrasados (IEPREV / Jornal Agora – SP)

O segurado com ação contra o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) tem garantida a correção de seus atrasados pela inflação. O CJF (Conselho da Justiça Federal) informou ao STF (Supremo Tribunal Federal) que recusou a solicitação da AGU (Advocacia-Geral da União) para manter a correção pela TR (Taxa Referencial), que é o índice da caderneta de poupança e tem rendimento próximo a zero.

http://www.ieprev.com.br/conteudo/id/35749/t/justica-federal-confirma-correcao-maior-de-atrasados